Seviços

Portfólio

Blog

Contato

Internet - 07 de outubro de 2014

Golpe na internet usa 2ª via de boletos; saiba evitar

Fazer o download da segunda via de boletos eletrônicos pode levar a um golpe bancário pela internet. Muitas vezes, os dados do código de barras são alterados e o valor pago acaba sendo repassado para a conta de criminosos.

Outro indício de fraude são as ligações telefônicas que informam sobre a necessidade de trocar boletos cujos valores foram cobrados indevidamente. Durante a ligação, o próprio consumidor passa os dados do boleto original para o criminoso, que emite um documento novo com a alteração do destinatário.

Para evitar cair nesses golpes, confira sempre se o código da parte de cima da fatura é o mesmo que o da parte de baixo. Se necessária, a segunda via do boleto deve ser solicitada diretamente do site do banco emissor, com CNPJ da empresa, valor e data de vencimento no título.

Caso seja vítima de um crime semelhante, o consumidor deve contatar a empresa, comprovando os pagamentos realizados. Ainda que seja uma fraude de terceiros, a responsabilidade é da empresa porque o cliente não possui meios para identificá-la. De acordo com a associação de consumidores PROTESTE, também há casos de envios de falsas faturas de cartão de crédito. As correspondências possuem todos os dados corretos do consumidor, com compras realizadas e sem aparente violação. Nestes episódios, verifique o código de barras da fatura e compare com os meses anteriores; o número deve ser sempre o mesmo.

Confira mais dicas que ajudam a detectar uma fraude:


Fonte: Olhar Digital

Compartilhe